Sobre

Um Mundo sem Doenças

Ter uma indústria de saúde que beneficia quando as pessoas estão doentes criou todo o tipo de abusos e aprisionou uma parte significativa da população num estado de vício e dependência.

A saúde mental e física da população é a maior preocupação do paraisismo.

Deve ser dado gratuitamente a toda a gente o melhor tratamento médico disponível. Toda a vida é tão preciosa como qualquer outra.

Todos aqueles que seguem pela investigação científica, fá-lo-ão como hobby, e não como trabalho. Eles serão motivados apenas pela sua paixão e pelo seu desejo de contribuírem para a humanidade. Os cientistas, assim como os artistas e todos os que quiserem contribuir para melhorar a saúde, o bem estar e a felicidade das pessoas, serão reconhecidos pelas suas obras e serão louvados como os heróis do nosso tempo.

Cientistas em todos os domínios, mas especialmente na medicina receberão todos os recursos e treinamento que desejarem. Todos os medicamentos ou tratamentos descobertos serão disponíveis gratuitamente a quem os necessitar.
A investigação em células estaminais, que promete regenerar os tecidos e órgãos danificados, será fortemente encorajada.
Quando bem sucedida, todos os defeitos e ferimentos que surjam devido a doenças, genética ou por acidente, podem ser corrigidos ou prevenidos.
O envelhecimento pode também ser corrigido e prevenido.
E quando tivermos finalmente a capacidade de evitar cientificamente a morte, o Paraisismo pode bem ter-nos levado ao nosso destino final: um verdadeiro paraíso na Terra.




Um Mundo sem Trabalho
Um Mundo sem Dinheiro
Um Mundo sem Governo
Sustentabilidade Mundial
Um Mundo sem Doenças
O Paraíso na Terra

News Articles

  • Novembro 21, 2012
    Michio Kaku explica como a impossibilidade de produzir em abundância levou todas as utopias ao falhanço total. O replicador, a máquina final que conseguirá criar qualquer objeto, átomo por átomo, está finalmente prestes a mudar essa realidade.
  • Novembro 3, 2012
    Não estamos feitos para sermos agressivos e egoístas. Na verdade estamos feitos para sentirmos empatia uns pelos outros. Somos seres sociáveis procurando se adaptar, amar e ser amados.

Notícias para 2017

SegTerQuaQuiSexSábDom
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930